Health

Tentativa de assassinato deixa líder eslovaco em situação de risco de vida

Bratislava, Eslováquia – O primeiro-ministro populista da Eslováquia, Robert Fico, foi baleado na quarta-feira e deixado em estado de risco de vida, de acordo com sua página no Facebook e o governo eslovaco. O tiroteio ocorreu na cidade de Handlova, cerca de 145 quilómetros a nordeste da capital Bratislava, quando Fico saía de uma reunião governamental.

Ministro das Relações Exteriores da Eslováquia, Juraj Blanár chamou isso de tentativa de assassinato em uma postagem nas redes sociais. Um suspeito foi detido no local enquanto Fico era transportado primeiro de carro e depois de helicóptero para um hospital regional por ser considerado urgente transportá-lo para o terreno.

O vice-presidente do parlamento, Lubos Blaha, confirmou o incidente durante uma sessão do parlamento e adiou a legislatura até novo aviso, disse a agência de notícias eslovaca TASR.

TOPSHOT-ESLOVÁQUIA-POLÍTICA-Tiro
O primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico, é transportado de um helicóptero em uma maca por médicos e seus seguranças para um hospital em Banska Bystrica, Eslováquia, onde estava sendo tratado por vários ferimentos à bala, em 15 de maio de 2024.

AFP/Getty


A polícia rapidamente isolou a cena e fotos e vídeos mostraram pelo menos uma pessoa sendo levada sob custódia. A mídia eslovaca disse que o suspeito era um homem de 71 anos.

Não houve relatos de outros suspeitos à solta e nenhuma informação imediata sobre um possível motivo para o assassinato do político veterano e altamente polêmico.

Testemunhas relataram ter ouvido cerca de quatro tiros, segundo a BBC, e a mídia local disse que Fico foi atingido no abdômen e possivelmente em um braço ou perna. O vídeo da cena mostrou o pessoal de segurança empurrando o primeiro-ministro ferido para dentro de um carro antes de partir em alta velocidade. Ele foi transferido para um helicóptero e as câmeras o capturaram sendo enrolado em uma maca, coberto por cobertores, até um hospital na cidade de Banska Bystrica.

Incidente de tiroteio com o primeiro-ministro eslovaco Robert Fico após reunião do governo eslovaco em Handlova
Uma pessoa é detida após um tiroteio em que o primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico, ficou ferido após uma reunião em Handlova, Eslováquia, em 15 de maio de 2024.

Radovan Stoklasa/REUTERS


A história política e tendências de Fico

Fico ocupou o cargo mais importante do seu país durante um total de cerca de 10 anos – mais do que qualquer antecessor, segundo a BBC – ao longo de três mandatos.

Fico e seu partido esquerdista Smer, ou Direção, venceram as eleições parlamentares na Eslováquia em 30 de setembro, encenando um retorno político após fazer campanha com uma mensagem pró-Rússia e antiamericana.

Ele foi forçado a deixar o cargo anteriormente em meio a alegações de corrupção, estando até mesmo ligado ao assassinato de um jornalista que investigou seu mandato.

Os críticos temem que a Eslováquia, que é membro da União Europeia, abandone o seu rumo pró-Ocidente sob Fico e siga o caminho do governo populista e autocrático da Hungria. Primeiro Ministro Viktor Orbánum aliado próximo de Vladimir Putin da Rússia.

FOTO DE ARQUIVO: PM eslovaco Robert Fico visita Berlim
O primeiro-ministro da Eslováquia, Robert Fico, fala durante uma conferência de imprensa em Berlim, Alemanha, em 24 de janeiro de 2024.

Nadja Wohlleben/REUTERS


Milhares de pessoas manifestaram-se repetidamente na capital e em toda a Eslováquia para protestar contra as políticas de Fico.

O tiroteio ocorre três semanas antes das eleições cruciais para o Parlamento da União Europeia, nas quais os partidos populistas e de extrema direita do bloco de 27 países parecem preparados para obter ganhos.

Os líderes eslovacos e europeus reagem

A presidente eslovaca Zuzana Caputova, oponente política de Fico, condenou o ataque “brutal e implacável” ao primeiro-ministro.

“Estou chocado”, disse Caputova. “Desejo a Robert Fico muita força neste momento crítico e uma rápida recuperação deste ataque.”

Os principais partidos da oposição da Eslováquia, Eslováquia Progressista e Liberdade e Solidariedade, cancelaram um protesto planeado contra um controverso plano governamental para reformar a radiodifusão pública, que, segundo eles, daria ao governo o controlo total da rádio e televisão públicas.

“Condenamos absoluta e veementemente a violência e o tiroteio de hoje contra o primeiro-ministro Robert Fico”, disse o líder progressista da Eslováquia, Michal Simecka. “Ao mesmo tempo, apelamos a todos os políticos que se abstenham de quaisquer expressões e medidas que possam contribuir para aumentar ainda mais a tensão”.

Houve uma reacção rápida por parte dos líderes europeus de todo o espectro político, com uma condenação esmagadora do ataque a Fico.

Primeiro Ministro da Hungria, Viktor Orban, no Conselho Europeu
O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban, à esquerda, fala com o primeiro-ministro da Eslováquia, Robert Fico, numa cimeira do Conselho Europeu na sede da UE em Bruxelas, Bélgica, em 22 de março de 2024.

Nicolas Economou/NurPhoto/Getty


“Fiquei profundamente chocado com o ataque hediondo contra o meu amigo, o primeiro-ministro Robert Fico”, disse Orbán, da Hungria. disse em uma postagem nas redes sociais. “Oramos por sua saúde e rápida recuperação!”

“Condeno veementemente o ataque vil ao primeiro-ministro Robert Fico”, disse Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia que governa a UE. disse em uma postagem. “Tais atos de violência não têm lugar na nossa sociedade e minam a democracia, o nosso bem comum mais precioso”.

Mapa Político da Eslováquia
Um mapa mostra a Eslováquia, com a capital Bratislava e outras grandes cidades marcadas, juntamente com os países vizinhos.

Getty/iStockphoto


Em Kiev, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, cujo exército está actualmente a defender-se há anos invasão da Rússiatambém condenou o tiroteio, ditado: “Condenamos veementemente este ato de violência contra o chefe de governo do nosso estado parceiro vizinho. Todos os esforços devem ser feitos para garantir que a violência não se torne a norma em qualquer país, forma ou esfera.”

Fico se opôs publicamente às nações ocidentais fornecendo armas à Ucrânia pela sua defesa contra a invasão russa.



Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button